HANSENÍASE.

Viva Itabira - Portal da Cidade de Itabira - Cultura - História - Interatividade

Fisioterapia

HANSENÍASE.

MANCHAS NA PELE, QUE NÃO COÇAM E NEM DOEM.
CUIDADO, ISSO PODE SER HANSENÍASE.

Hanseníase é uma doença infecciosa e transmissível, que afeta os nervos e a pele, especialmente a região da face, das mãos e dos braços, das pernas e pés, olhos e os nervos. Causada por um micróbio chamado Bacilo de Hansen (mycobacterium leprae), a doença pode atingir mulheres e homens de todas as idades. Também conhecida como lepra, morféia, mal-de-Lázaro, mal-da-pele ou mal-do-sangue.

SINTOMAS

Aparecimento de caroços ou inchados no rosto, orelhas, cotovelos e mãos.  
Entupimento constante no nariz, com um pouco de sangue e feridas.  
Redução ou ausência de sensibilidade ao calor, ao frio, à dor a ao tato.  
  
Manchas em qualquer parte do corpo, que podem ser pálidas, esbranquiçadas ou avermelhadas.  
Partes do corpo dormentes ou amortecidas. Em especial as regiões cobertas.  

Na maioria das vezes, as pessoas nem percebem estas manchas, já que não coçam, não incomodam e não doem.
A forma de transmissão é pelas vias aéreas: uma pessoa infectada libera bacilo no ar e cria a possibilidade de contágio. Porém, a infecção dificilmente acontece depois de um simples encontro social. O contato deve ser íntimo e freqüente. Vale ressaltar que esta doença não é uma de origem hereditária.

TRATAMENTO

A hanseníase se apresenta de duas formas. O tratamento depende do tipo. 
· Tipo paucibacilar (com poucos bacilos), o tratamento é mais rápido. É dada uma dose mensal de remédios durante seis meses. Além da ingestão de um comprimido diário; 
· Tipo multibacilar (com muitos bacilos), o tempo para tratamento é mais longo. São 12 doses do medicamento, uma por mês. Além de dois outros remédios diários durante os dois anos.

A HANSENÍASE TEM CURA?

A cura da hanseníase é simples e gratuita em todos os postos de saúde. Mas, o indivíduo não pode demorar a começar o tratamento ou se ele for feito de maneira incorreta, a doença pode deixar seqüelas. A primeira dose do remédio mata quase todos os bacilos e a hanseníase deixa de ser passada para outros indivíduos.
O tratamento é 100% eficiente se for levado a sério do começo ao fim e todos os medicamentos são distribuídos pela rede pública de saúde.
 

11 Respostas para "HANSENÍASE."

  • FABIANE CANTON BEATTO diz:

    OI GOSTARIA DE SABER, MINHA SOGRA TEVE RANCENIASE FEZ O TRATAMENTO SO QUE TOMOU A MAS A MEDICAÇÃO, POIS, O MEDICOS NAO PEIRAM PARA ELA PARAR QUANDO PAROU JA ERA, HOJE DEVIDO TER TOMADO A MAS A MEDICAÇÃO ELA ESTA COM UMA ALERGIA NO CORPO UMA PIGMENTAÇÃO AVERMELHADA NA PELE NO CORPO TODO, SENTE MUITA FEBRE FEZ TODOS OS EXAMES A NADA APRESENTA, ELA JA PERDEU 25KG E QUASE NAO SENTE VONTADE DE SE ALIMENTAR POR FAVOR NOS AJUDEM ESTAMOS DESESPERADOS

  • rosangela pereira bento diz:

    em 2008 eu descobri que estava hanseniase fiz o tratamento de 1ano 6 mes so que eu fiquei com sequelas nas mãos e nos braços e sinto dores fotes eu estou disiperada porque eu não agonto mais tem dia que eu nem durmo de tanta dor aonde eu moro e tudo dificio pra mim eu fiquei com o braço direito atrofinhado e a mão e agora tambem estou ficando com o braço esquerdo emão atrofiando por favor me ajude eu tenho 32anos e estou sofrendo muito não nem vontade de viver e eu preciso ter força pela minha filha eu preciso muitode uma cura pois não aguento mais

  • rosangela pereira bento diz:

    em 2008 eu descobri que estava hanseniase fiz o tratamento de 1ano 6 mes so que eu fiquei com sequelas nas mãos e nos braços e sinto dores fotes eu estou disiperada porque eu não agonto mais tem dia que eu nem durmo de tanta dor aonde eu moro e tudo dificio pra mim eu fiquei com o braço direito atrofinhado e a mão e agora tambem estou ficando com o braço esquerdo emão atrofiando por favor me ajude eu tenho 32anos e estou sofrendo muito não nem vontade de viver e eu preciso ter força pela minha filha eu preciso muitode uma cura pois não aguento mais

  • Roberto DeLucia diz:

    Prezada Colega , O assunto de sua coluna é abordado por Professores & pesquisadores da USP, UNESP, UNIFESP em nova edição do livro FARMACOLOGIA INTEGRADA, Ed. Clube de Autores, 700p. Acesso: www.clubedeautores.com.br Att. Prof. Dr. Roberto DeLucia (Org.)

  • marcos luis valente barros diz:

    tratei da hanseniase , porem as reaçoes e que me encomodam. Portanto ainda continuo tomando depois do meu tratamento a talidomida , devido alguns carossos que aparecem acompanhado de fraquesa nos braços e pernas. quando tomo a talidomida eu melhoro bastante porem fiquei sem forçastanto no braço e pernas.Essa historia ja tem dois anos . Gostaria de saber se a perda das forças nos menbros sao sequelas ou problemas de outa natureza. Se tiver alguem para me responder agradeço.

  • marcos luis valente barros diz:

    tratei da hanseniase , porem as reaçoes e que me encomodam. Portanto ainda continuo tomando depois do meu tratamento a talidomida , devido alguns carossos que aparecem acompanhado de fraquesa nos braços e pernas. quando tomo a talidomida eu melhoro bastante porem fiquei sem forçastanto no braço e pernas.Essa historia ja tem dois anos . Gostaria de saber se a perda das forças nos menbros sao sequelas ou problemas de outa natureza. Se tiver alguem para me responder agradeço.

  • elinaldo diz:

    comecei o tratamento 1989 a 1998. mais fiquei com muitas dores tem dias que nem fico em pé cemfoças. tenho muitas dores forte.

  • maria da gloria diz:

    hoje penso nessa doença miais acho chato

  • fabiano diz:

    qual o remedio usado para a hanseniase

  • Nicole diz:

    Obrigada, fico feliz em poder contribuir. Cordialmente; Nicole

  • Glória Maria Gomes Zanon diz:

    Agradeço muito à Fisioterapeuta Dra Nicole, que se preocupa em repassar para todos nós,exclarecimento sobre HANSENÍASE e a forma de tratamento da doença. Continue sempre assim e terá um futuro brilhante em sua carreira profissional. Um abraço.

Deixe seu comentário

Nome Preenchimento obrigatório
Email Preenchimento obrigatório

 

Home | Viva História | Viva Turismo e Lazer | Viva Artes e Cultura | Viva Drummond
Viva Agenda | Viva Interativo | Matérias Especiais | Rádio Viva Itabira
 
© 2008 Viva Itabira | Política de Privacidade | Anuncie Aqui | Fale Conosco